Atualizado em: 26 de janeiro de 2023 | 10:15h

Autor: Equipe PM Bananeiras

Projeto da UFPB estimula crianças a consumir verduras e hortaliças em Bananeiras

Incentivar o hábito de consumir verduras e hortaliças, e ainda de quebra promover educação ambiental, são uns dos objetivos do projeto de extensão “Boas práticas alimentares na educação infantil”, realizado por professores e alunos do campus III da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em Bananeiras, no Brejo paraibano. Para a coordenadora da iniciativa, a professora […]

28/02/2020 21h15 Atualizado há 3 anos atrás

Incentivar o hábito de consumir verduras e hortaliças, e ainda de quebra promover educação ambiental, são uns dos objetivos do projeto de extensão “Boas práticas alimentares na educação infantil”, realizado por professores e alunos do campus III da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em Bananeiras, no Brejo paraibano.

Para a coordenadora da iniciativa, a professora Maria José, a horta é um espaço alternativo que tem como principal objetivo aguçar a curiosidade das crianças, despertando nelas o interesse em conhecer todo o processo de produção dos alimentos. “É na infância que se fixam os primeiros hábitos alimentares, os quais poderão acompanhar toda a vida do ser humano”, afirma.

Na instalação da horta, as crianças podem, por exemplo, participar do plantio de mudas das hortaliças ou acompanhar a equipe durante a colheita. “Essa interação desperta mais facilmente o interesse pelo consumo de alface, cenoura, beterraba, entre outras, em suas merendas”.

A horta, enquanto ferramenta de ensino, também permite, na prática, instruções sobre a importância do meio ambiente. “São ensinados alguns conceitos acerca da questão ambiental, como a diversidade de plantas, o reaproveitamento dos restos orgânicos, que depois servirá como adubo para as plantas, e a exclusão de produtos químicos”.

Segundo a professora, as atividades prático-pedagógicas surtem grandes efeitos, possibilitando mudanças no consumo alimentar e a adoção de práticas sustentáveis. “Os alimentos provenientes da horta são utilizados na merenda escolar e os alunos se passaram a se apresentar como uma referência para os pais, incentivando-os na adoção de alimentos saudáveis e de práticas que diminuam os impactos ambientais”.

O projeto foi executado, pela primeira vez, em 2018, em Solânea, migrando depois para a Escola de Educação Infantil Donzinha Bezerra, em Bananeiras, a convite da diretora Alessandra Campos Coutinho, onde terá continuidade neste ano. A escola trabalha com Creche e Ensino Infantil, atendendo 61 crianças de um a cinco anos de idade, em tempo integral.

Carlos Germano | Ascom/UFPB

 


Ao continuar navegando no nosso portal, você concorda com a nossa Política de Privacidade. Para ter mais informações, acesse nossa página de Política de Privacidade

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support