Atualizado em: 3 de fevereiro de 2023 | 22:52h

Autor: Equipe PM Bananeiras

Prefeitura de Bananeiras realiza Audiência Pública para tratar sobre Previdência Municipal.

Foi realizada na noite desta quarta (04), Audiência Pública para tratar sobre a Previdência Municipal. Com a participação dos vereadores, sindicato dos servidores e da população. Na oportunidade foi debatido o novo parcelamento do passivo previdenciário existente entre o Município e o IBPEM. A audiência teve a presença do Assessor Técnico Previdenciário Rocine Rodrigues que […]

05/09/2019 9h47 Atualizado há 3 anos atrás

Foi realizada na noite desta quarta (04), Audiência Pública para tratar sobre a Previdência Municipal. Com a participação dos vereadores, sindicato dos servidores e da população.

Na oportunidade foi debatido o novo parcelamento do passivo previdenciário existente entre o Município e o IBPEM.

A audiência teve a presença do Assessor Técnico Previdenciário Rocine Rodrigues que explanou sobre a situação atual, com as mudanças na alíquota de contribuição patronal e as perspectivas do Instituto próprio de previdência local.

O Prefeito Douglas Lucena afirmou que existe uma dívida histórica do Município de Bananeiras com o Instituto de Previdência, constituída desde a criação da previdência própria, por todas as gestões desde 1991, essa dívida precisa ser repactuada.

“Não à toa o debate da previdência hoje é nacional, porque a União, os Estados e os Municípios têm dificuldades extremas para manter o equilíbrio previdenciário com o atual modelo.

Quando assumimos o município em janeiro de 2013 tínhamos 824 servidores ativos e 61 aposentados e pensionistas, ou seja, a proporção era de 14 contribuintes para cada inativo. Hoje temos 736 efetivos em atividade para 191 aposentados e pensionistas, ou seja, apenas 3,8 contribuintes para cada servidor que se aposenta.

Ao assumirmos a folha de inativos era de apenas R$ 57 mil reais por mês, hoje é de aproximadamente R$ 391 mil reais. De janeiro de 2017 até agosto deste ano, recolhemos mais de R$ 7 milhões de reais ao IBPEM, no entanto, com uma folha de inativos crescente, precisamos repactuar as dívidas anteriores e aumentar a alíquota de contribuição patronal. ”

Ascom – PMB


Ao continuar navegando no nosso portal, você concorda com a nossa Política de Privacidade. Para ter mais informações, acesse nossa página de Política de Privacidade

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support