Atualizado em: 24 de maio de 2024 | 12:39h

Autor: Assessoria de comunicação

Prefeito Matheus apresenta as Equipes eMulti e SAD, à população

Na tarde de ontem (29), o prefeito Matheus Bezerra apresentou os profissionais que compõem as equipes (eMulti e SAD), que atuarão diretamente na Atenção Primária. Com cuidados prestados em casa pelo time SAD- Serviço de Atenção Domiciliar  e atendimentos especializados pela eMulti, nas USF’s, a gestão avança ainda mais na cobertura do município. Vamos te […]

01/03/2024 9h20 Atualizado há 2 meses atrás

Na tarde de ontem (29), o prefeito Matheus Bezerra apresentou os profissionais que compõem as equipes (eMulti e SAD), que atuarão diretamente na Atenção Primária. Com cuidados prestados em casa pelo time SAD- Serviço de Atenção Domiciliar  e atendimentos especializados pela eMulti, nas USF’s, a gestão avança ainda mais na cobertura do município. Vamos te explicar um pouco de cada serviço.

O Serviço de Atenção Domiciliar (SAD) caracteriza-se como um serviço complementar aos cuidados realizados na Atenção Básica e nos serviços de urgência, substituindo ou complementando a internação hospitalar. Este serviço tem como objetivos: desospitalização; redução da demanda por atendimento hospitalar; redução da permanência de usuários internados; humanização da atenção à saúde, com a ampliação da autonomia dos usuários. Compõem a equipe do SAD: médico, enfermeiro, técnico em enfermagem, fisioterapeuta, psicólogo, fonoaudiólogo, nutricionista, farmacêutico e assistente social.

As eMulti são equipes compostas por profissionais de saúde de diferentes áreas de conhecimento que atuam de maneira complementar e integrada às demais equipes APS. O atendimento multiprofissional vem para apoiar a capilaridade da atenção primária, reforçando seu potencial para solucionar a maioria dos problemas de saúde da população.

Para o prefeito Matheus Bezerra, a proposta da implantação dos programas é resultado do compromisso da gestão com a população. “As pessoas precisam de cuidado, carinho e atenção especial no atendimento. Não é fácil ter em casa um parente em condições de doença crônica, que gera tanta angústia para seus familiares. Com este trabalho, então, levamos para dentro das casas e USF’s, o profissionalismo, envolvido em um caráter de dignidade, acolhimento e a humanização necessária”, enfatizou.

 

 

Texto: Simone Lira
Fotografia: Bello Soares


Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support

Preferência de Cookies

Usamos cookies e tecnologias semelhantes que são necessárias para operar o site. Você pode consentir com o nosso uso de cookies clicando em "Aceitar" ou gerenciar suas preferências clicando em “Minhas opções”. Para obter mais informações sobre os tipos de cookies, como utilizamos e quais dados são coletados, leia nossa Política de Privacidade.