Atualizado em: 27 de fevereiro de 2024 | 13:03h

Autor: Assessoria de comunicação

Guarda Civil Municipal participa de capacitação promovida pelo Programa Integrado Patrulha Maria da Penha

Dentro da programação do nosso Março Lilás tivemos um importante momento para falar sobre a Lei Maria da Penha com os agentes da Guarda Civil Municipal de Bananeiras. A equipe do Programa Integrado Patrulha Maria da Penha do Governo do Estado, abordou a legislação vigente, a história da criação da Lei Maria da Penha e […]

29/03/2023 8h35 Atualizado há 11 meses atrás

Dentro da programação do nosso Março Lilás tivemos um importante momento para falar sobre a Lei Maria da Penha com os agentes da Guarda Civil Municipal de Bananeiras.

A equipe do Programa Integrado Patrulha Maria da Penha do Governo do Estado, abordou a legislação vigente, a história da criação da Lei Maria da Penha e as noções sobre os direitos da mulher, além das técnicas utilizadas para um atendimento diferenciado às vítimas de violência doméstica.

Foram quatro assuntos diferentes. Iniciamos com o tema “Gênero e Violência”, “Acolhimento e atendimento as vítimas de violência”, “Aplicação da Lei Maria da Penha”, e finalizamos com “Protocolo de Atendimento a ocorrência de Violência Domiciliar” explicou a Cap. Gabriela Jacomé – Comandante da Patrulha Maria da Penha (PMP).

O comandante da Guarda Civil Municipal de Bananeiras, Gilmar Muniz, destacou que o principal objetivo é aumentar a segurança da população. “Através da Patrulha Maria da Penha, com certeza vamos melhorar mais o atendimento ao público vítima de violência doméstica em nossa cidade. A Guarda Municipal está inserida nesta parceria com a Polícia Militar e temos esse dever com a segurança pública. Bananeiras só tem a ganhar com os serviços realizados pelas forças de segurança instituídas”.

A Coordenadora da Programa Integrado da Patrulha Maria da Penha, Mônica Brandão, ressaltou que “a capacitação foi muito importante para o desenvolvimento do trabalho da Guarda Municipal, juntamente com a Ronda Maria da Penha da Polícia Militar. Vamos melhorar o atendimento às pessoas vítimas de violência doméstica e lutar por uma sociedade mais protegida e com confiança nos serviços de segurança oferecidos pela GCM e PM”, afirmou.

Em caso de importunação, assédio ou violência não se cale, denuncie!

Ligue 190 ou 197.


Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support

Preferência de Cookies

Usamos cookies e tecnologias semelhantes que são necessárias para operar o site. Você pode consentir com o nosso uso de cookies clicando em "Aceitar" ou gerenciar suas preferências clicando em “Minhas opções”. Para obter mais informações sobre os tipos de cookies, como utilizamos e quais dados são coletados, leia nossa Política de Privacidade.