Da Escravidão ao Brasil contemporâneo, Festival Literário de Bananeiras traz Laurentino Gomes e Miriam Leitão para tratar da linha histórica do País

Acompanhar a história brasileira envolvida na literatura e na sua construção, assim, o Festival Literário de Bananeiras que já nasce grande e promete aos seus expectadores nos próximos dias uma viagem sobre a história do país em meio aos seus percalços passados e presentes.

O historiador Laurentino Gomes fará o lançamento do seu livro “Escravidão” no Festival Literário de Bananeiras. Um tema muito forte da história do nosso país, que embora seja negado e tratado como invisível, é um legado ao qual nos pertence. Recontado na escrita de Laurentino, através da perspectiva dos escravizados, Escravidão aborda o tráfego dos escravos e a comercialização destes em outros países. Uma narrativa de um retrato triste do nosso país, cujas consequências fervilham até hoje na nossa sociedade.

Sociedade esta que na sua contemporaneidade, não foge muito dos problemas que assolaram o nosso passado. Após uma visita ao nosso passado, a Jornalista Miriam Leitão, juntamente com Sérgio Abranches e Mônica Sodré, discute sobre a Perspectiva do Brasil Contemporâneo.

Em um tempo de incertezas, no qual o Brasil se encontra nos últimos tempos, entre crises econômicas e identitárias; reconfigurações dos padrões políticos, sociais e econômicos, analisar as perspectivas sobre a situação atual e futura, promovendo um debate com o público e de fundamental importância.

Ascom – PMB

COMPARTILHAR