Plenárias do Orçamento Participativo e Projeto Prefeitura na Comunidade iniciam nesta sexta em Bananeiras.

O Município de Bananeiras se prepara para iniciar a partir desta sexta-feira (17) o Orçamento Participativo de 2017. Este ano, serão realizadas sete plenárias com a novidade para a que será realizada na Cidade Alta. A primeira, no entanto, será realizada na Chã do Lindolfo, a partir das 14h.

O Orçamento Participativo é um instrumento democrático que visa ouvir a população e em conjunto com o poder público construir uma gestão mais democrática para a cidade.

A ação é uma forma de integração entre a população e a administração pública que considera o Orçamento um dos pontos mais significativos da atual gestão já que, pela primeira vez na história política administrativa do município, a população pode apontar as necessidades e dizer aonde gostaria de ter investimento. É realizada desde 2013 e no decorrer dos anos mais de 4 mil pessoas participaram das plenárias e puderam efetivamente opinar por melhorias nos setores envolvido.

Ainda dentro da programação será realizado o Projeto Prefeitura na Comunidade com a oferta dos serviços realizados pelos setores da gestão municipal. Essa é uma forma de levar a Prefeitura até as localidades aproximando a gestão da população, inclusive com mini cursos nas áreas de culinária, artesanato e auto maquiagem para capacitar a população.

Bananeiras,  segue desenvolvendo e crescendo com a participação popular, dentre as obras que foram conquistadas através de solicitação no Orçamento está; a construção do Ginásios esportivos, abastecimento de água,  a implantação de Escolas de Ensino Infantil, perfuração de poços artesianos; serviço de esgotamento sanitário, calçamentos e implantação das farmácias básicas distritais.

Esses investimentos demonstram a transparência da gestão que vem desempenhando um trabalho voltado para as necessidades da população em Bananeiras.

Para o prefeito Douglas Lucena a realização do Orçamento Participativo, esse instrumento tem uma grande representatividade democrática, pois permite que o cidadão debata e defina os destinos de uma cidade. Nele, a população decide as prioridades de investimentos em obras e serviços a serem realizados a cada ano, com os recursos do orçamento da prefeitura. Além disso, ele estimula o exercício da cidadania e o compromisso da população com o bem público, conclui Douglas.

Nas plenárias deste ano além de ouvir a população, serão apresentadas as ações realizadas pela Prefeitura, em decorrência dos pedidos dos cidadãos. A população vai poder comprovar que sua solicitação, está sendo atendida.

 

Abaixo, segue o calendário das plenárias:

  • Dia: 17 de Novembro – Chã do Lindolfo, às 14h na EMEF Lindolfo Grilo
  • Dia 18 de Novembro – Vila Maia, às 14h na EMEF Dionísio Maia
  • Dia 24 de Novembro- Roma, às 14h no Ginásio de Esportes Severina do Nascimento Farias “Vina”.
  • Dia 25 de Novembro- Tabuleiro, às 14h no Ginásio de Esportes.
  • Dia 30 de Novembro- Cajazeiras, às 14h na Sede da Associação.
  • Dia 01 de Dezembro- Cidade, às 18h no Espaço Cultural Oscar de Castro.
  • Dia 02 de Dezembro- Cidade Alta às 14h no Ginásio de Esportes Flávio Ramalho.

 

Ascom-PMB